Distribuição Instromet / Vanessa Bezerra, Gás Brasil 23 setembro 2004

Instromet se destaca na Indústria do Gás Natural

Empresa atua no mercado brasileiro de medição e controle desde 1994

Recentemente a Instromet projetou para a distribuidora de Gás Natural do interior de São Paulo, Gas Natural SPS, um sistema de medição e controle utilizando novas tecnologias de conectividade, fornecendo todos os equipamentos e sistemas necessários.

Segundo o diretor da Instromet, Avelino Marques Costa, “as empresas de distribuição buscam hoje otimizar seus custos, não somente de instalação, mas também operacionais e de controle e para isto têm se utilizado de tecnologias de conectividade, fazendo com que seja possível monitorar, controlar e obter os dados de consumo de maneira remota”.

O Projeto para a Gas Natural SPS iniciou no primeiro semestre de 2004 e está em operação há um mês. Atualmente a distribuidora utiliza o sistema de quatro módulos celulares com o eletro corretor da Instromet monitorando estações de CRM, através de tecnologia celular, alimentada via painel solar. “No caso da Gas Natural toda a concepção do projeto foi fornecida por nós, inclusive o software de aquisição de dados e instalação, destaca Costa”.

Este tipo de sistema atende a três áreas da empresa: área de tarifação, de controle de linha e de manutenção, pois possibilita, a partir dos dados obtidos remotamente, a programação da manutenção.

Acompanhamento das operações

Os eletro corretores são equipamentos capazes de monitorar, guardar os dados e calcular o volume nas condições base. Este equipamento não precisa estar conectado em real time com a central; a conexão pode ser feita em períodos pré-determinados pelo usuário, quando este o desejar ou quando o sistema eventualmente ligar para passar as informações e dados coletados.

“Conectar-se ao eletro corretor uma vez por mês é o suficiente para se verificar e obter todos os dados, hora a hora, do que aconteceu durante aquele mês e fazer a tarifação, deixando para o eletro corretor a função de ligar em caso de anomalia”, aponta Costa.

Nas estações em que se deseja um acompanhamento contínuo ou numa periodicidade menor, e até em mesmo real time, pressupõe-se também energia infinita, o que acarreta a necessidade de se ter sistemas de painel solar ou de energia elétrica com “no-break” que disponibilizem a condição de estar ligado o tempo todo. Segundo Costa, este processo também está disponível nos eletro corretores.

Tecnologia

Hoje os sistemas de supervisão e controle trabalham com drivers de comunicação, que possibilitam a inclusão de qualquer equipamento dentro do CRM sem a necessidade de alterar o sistema de gerenciamento de banco de dados.

O driver de comunicação é essencial para a conectividade do equipamento ao sistema supervisório. “A versatilidade de projetos de supervisão com drivers de comunicação de protocolos proprietários permite a integração de qualquer equipamento ao CRM, e com a utilização de diversos integradores”, frisa Costa.

Os equipamentos da Instromet são utilizados por distribuidoras de gás natural, montadoras de CRM e integradoras de Sistema Scada.

Eletro Corretor 444

A Instromet lançou recentemente o Eletro Corretor 444 que é um equipamento projetado para operar com as facilidades da comunicação GPRS. O software do equipamento utiliza as ferramentas da tecnologia celular e pode encaminhar diretamente mensagens de alerta para um celular sem precisar ligar para a central de controle primeiro.

“É possível configurar o sistema para que quando haja um problema o equipamento envie um alerta diretamente para o celular do supervisor, que poderá acionar e, inclusive, interagir com o equipamento”, ressalta Costa.

O Eletro Corretor 444 já está em testes e o principal diferencial do equipamento é ter sido projetado especificamente para utilizar a tecnologia GPRS. O equipamento já se diferencia em seu conceito em termos de conectividade, pois permite um melhor aproveitamento da tecnologia disponível.

Mercado do Gás Natural

Para Costa, continua havendo uma expressiva expansão do mercado do gás natural. “Há agora uma tendência de troca de equipamentos, troca dos medidores atuais, por outros com novas tecnologias de medição. E isto vai acontecer principalmente em dois extremos: nos pequenos consumidores, fundamentalmente residenciais ou industriais de pequeno porte e também nos grandes consumidores, justamente os que exigem equipamentos de melhor precisão”.

Matriz Energética

“A distribuição da matriz energética é favorável ao uso do gás natural, portanto a tendência é continuar crescendo”, acredita Costa.

Vendas para consumidores industriais

A Instromet aumentou seu volume de vendas para clientes industriais. Segundo Costa este aumento é uma conseqüência de maiores exigências dos grandes consumidores de gás natural, em busca de uma melhora permanente e pela otimização de seu
Compartilhe:

Mais Lidos