GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  GNV - Artigos
  Autor/Fonte: Estadão
  Data: 2020-03-12

    Scania R 410 com motor a gás,


 

Scania R 410 com motor a gás foi uma das principais novidades da marca na Fenatran em 2019, e já 13 unidades vendidas no Brasil

O destaque da Scania na Fenatran (Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga) foi o R 410 6×2 movido a gás. A novidade tem preço sugerido em torno de R$ 650 mil. Esse valor é cerca de 30% mais alto que o do cavalo-mecânico equivalente com motor turbodiesel. Desde o lançamento na feira, foram vendidas 13 unidades. O Estadão avaliou, com exclusividade, a nova opção da marca sueca, que aposta na redução das emissões de poluentes para conquistar os transportadores brasileiros.


Segundo informações da Scania, a diferença de R$ 150 mil não será um impeditivo para o sucesso do R 410 a gás. A fabricante aposta em um novo nicho de mercado formado por transportadores preocupados com as emissões de poluentes. Essa é uma tendência que vem sendo valorizada por embarcadores na hora da contratação do frete.


A fábrica da Scania em São Bernardo do Campo (SP) já está produzindo unidades de pré-série do R 410 a gás. As 13 primeiras encomendas serão entregues aos compradores em abril. De acordo com a marca, outras dezenas já estão sendo negociadas.


A marca aposta na retomada das vendas de caminhões no mercado brasileiro. Ainda segundo a empresa, a expectativa é comercializar cerca de 200 unidades do novo caminhão R 410 a gás no primeiro ano de vendas.


Avaliamos o Scania R 410 6×2 com motor a gás comprimido (GNC). Essa versão deverá ser a mais emplacada – representa 90% das encomendas concretizadas.


O motor do cavalo-mecânico também pode queimar biometano puro ou misturado. O gás de origem vegetal ou produzido a partir de resíduos de lixo pode ser adicionado ao GNC em qualquer proporção.


A Scania também oferece o R 410 6×2 com motor a gás natural liquefeito (GNL). Uma unidade do cavalo-mecânico movida pelo combustível líquido já roda em testes no Brasil. A avaliação do modelo está sendo feita em parceria com a Cervejaria Ambev.


Motor do Scania R 410 a gás é Euro 6

O motor do modelo avaliado é o OC13 de ciclo otto. Diferentemente dos propulsores a diesel, o seis-cilindros em linha utiliza velas de ignição. Com 12,7 litros, a novidade gera 410 cv de potência a 1.900 rpm e 204 mkgf de torque entre 1.100 e 1.400 rpm.

 

Fonte: Sindicomb Notícias (09/03/2020)

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



 

Informa Group

  CopyRight © GasNet - 2013