GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Termelétricas - Artigos
  Autor/Fonte: Agência CanalEnergia
  Data: 14/12/2019

    GE começa a testar turbina da UTE Porto de Sergipe


 

 

Tecnologia da Turbina 7HA consome menos combustível e atinge capacidade de geração mais rápida

 
A primeira turbina movida a gás natural da UTE Porto do Sergipe I, projeto da Centrais Elétricas de Sergipe na cidade de Barra dos Coqueiros, entrou em operação no dia 6 de dezembro de 2019, em fase de teste. Conhecido como first fire, o primeiro acionamento da turbina 7HA da GE foi autorizado pelo Operador Nacional do Sistema e marca, com sucesso, um importante marco do projeto. A GE também construiu uma linha de transmissão em 500 KV, com 34 km de extensão e 80 torres, que levará a energia gerada na usina até a Subestação Jardim, na cidade de Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com o diretor do projeto da GE, Luciano Silva, as turbinas a gás da usina foram as primeiras desse modelo a serem entregues e instaladas no Brasil e são bastante eficientes e dentre as mais modernas do mercado. Com a primeira partida da turbina, durante os minutos iniciais há emissão de vapor pela chaminé da unidade, em função da umidade existente na caldeira de recuperação de calor. Isso porque, no acionamento da turbina, a caldeira é submetida a alta temperatura que acarreta em uma rápida secagem do equipamento e, consequentemente, emissão de vapor, composto basicamente de água acumulada na caldeira durante a sua montagem, explica.

As turbinas a gás da classe 7HA são potencialmente as mais eficientes do mundo, segundo o Livro dos Recordes e a GE investiu quase US$ 2 bilhões no desenvolvimento dessa tecnologia. Além disso, as turbinas 7HA podem consumir menos combustível e proporcionar níveis de emissão 90% menores do que as usinas que operam a óleo diesel. Outra vantagem das turbinas 7HA é a possibilidade de atingirem sua capacidade de geração total em poucos minutos, oferecendo maior flexibilidade e confiabilidade para a rede elétrica brasileira nacional.

 
 
Fonte: Agência CanalEnergia (09/12/2019)
 
Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group

  CopyRight © GasNet - 2013