GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  GD - Atualidades
  Autor/Fonte: Agência CanalEnergia
  Data: 12/11/2019

    Geração eólica cresce 14,7% na comparação com 2018, aponta CCEE


 

Produção em agosto representou recorde da fonte, que ampliou sua capacidade instalada em 14% no último ano. Bahia aumenta produção em 59%
 
A geração de energia eólica em operação comercial no Brasil avançou em 14,7% no acumulado de 2019 até agosto, levando em conta a comparação com o mesmo período de 2018. A informação deriva dos dados consolidados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE em seu boletim InfoMercado Mensal, os quais indicam que a produção de energia pela força dos ventos foi de 5.501,52 MW médios no período, contra 4.794,91 MW médios aferidos em 2018.

Em agosto/2019, as centrais eólicas registraram recorde de geração da fonte, alcançando 8.610 MW médios, crescimento de 22,7% em relação ao mesmo mês de 2018, quando foram registrados 7.017,56 MW médios. O aumento é decorrente da ampliação do número de empreendimentos ativos pelo país. A CCEE contabiliza 599 EOLs em operação no país, somando 15.100,2 MW de capacidade instalada, incremento de 14,3% frente aos 13.212,4 de capacidade das 513 unidades geradoras existentes em agosto de 2018.

Bahia aumenta produção em 59%

Na análise estadual, a Bahia segue liderando como maior produtor de energia eólica no país, com a marca 1.815,9 MW médios de energia entregue no referido acumulado em 2019, ante os 1.162,8 MW médios no mesmo período em 2018. Na sequência, aparecem o Rio Grande do Norte com 1.331 MW médios, o Piauí com 676,5 MW médios, o Ceará com 629,3 MW médios e Rio Grande do Sul com 559,4 MW médios.

Os dados também confirmam que a Bahia com a maior capacidade instalada para a produção de energia a partir da fonte, somando 4.022,4 MW em agosto/2019. Em seguida aparece o Rio Grande do Norte com 3.935,9 MW, o Ceará com 2.347,7 MW, o Rio Grande do Sul com 1.777,9 MW e o Piauí com 1.638,1 MW. 

 

Fonte: CanalEnergia News Diária (06/11/2019)

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group

  CopyRight © GasNet - 2013