GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Reportagens
  Autor/Fonte: Epbr/Sindcomb Notícias,ago/19 (13)
  Data: 19/08/2019

    YPFB, Shell, Petrobras, Total, Golar e Repsol na chamada pública das distribuidoras de gás no Centro-Sul


 

YPFB, Shell, Petrobras, Total, Golar e Repsol foram selecionadas na terceira etapa da chamada pública para aquisição de 10 milhões de m3/dia feita pela Compagas, GasBrasiliano, MSGás, SCGás, e Sulgás. A próxima etapa é de negociação, que será realizada pelas concessionárias de forma individual com os respectivos selecionados. Embora a chamada seja coordenada, os contratos são individuais e baseados nas necessidades de cada mercado. 

Com o início do suprimento previsto para o ano de 2020, a chamada foi tomada após a elaboração de estudos específicos que indicaram a oportunidade de formatação conjunta de um edital. Juntas, as cinco distribuidoras atendem mais de 134 mil consumidores de gás natural e têm mais de 4,4 mil km de redes de distribuição em 161 municípios. Na primeira etapa da chamada pública, foram recebidas 51 propostas de 15 empresas.

Com a desaceleração da economia, a demanda combinada das cinco distribuidoras caiu para cerca de 6,9 milhões de m³/dia em 2016 e 2017 – este ano, até junho, está em 6,4 milhões de acordo com relatório mais recente do Ministério de Minas e Energia (MME). Em 2014 e 2015, contudo, superou os 10 milhões de m³/dia. Os valores incluem a demanda de termelétricas.

A iniciativa visa encontrar novos agentes interessados na oferta do gás natural que atendam as expectativas do mercado, afirmaram as companhias no lançamento da chamada, que é aberta para fornecedores nacionais e internacionais. Em tese, um mercado para produtores, importadores, comercializadores de GNL, que podem vir a ter acesso ao Gasbol.


Fonte:  Epbr/Sindcomb Notícias ( 13/08/2019)

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group

  CopyRight © GasNet - 2013