GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Seminário Internacional - Mobilidade a Gás Natural ...
(22/11/2018 - 23/11/2018)
Hotel Hilton Copacabana – Av. Atlântica 1020
Abegás/Gas Natural Fenosa
Evento 100% dedicado ao mercado de GNV
Objetivo:
Apresentar as soluções tecnológicas e os b ...

 
 
Asset Management, Operational Excellence Forum for ...
(29/11/2018 - 30/11/2018)
Bilderberg Garden Hotel, Amsterdam, Netherlands
Informa Exhibitions
"Maintenance for Oil and Gas Petrochemical Europe"
The Asset Management and Operational Excelle ...

 
 
Global Forum on Procurement and Supply Chain Manag ...
(24/1/2019 - 25/1/2019)
Amsterdam, Netherlands
Informa Exhibitions
Global Forum on Procurement and Supply Chain Management for the Oil and Gas Industry has encountere ...

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Express
  Autor/Fonte: Ramona Ordoñez, O Globo
  Data: 08/11/2018

    ANP: Brasil fica com 76% do arrecadado em leilões de petróleo em 3 anos


Segundo diretor-geral da agência, país ficou com maior parte dos US$ 7 bi das licitações no mundo

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, afirmou nesta quarta-feira que o Brasil concentrou 76% do valor arrecadado em bônus em leilões de licitação de áreas de produção de petróleo no mundo. Segundo ele, desde 2016, as petroleiras pagaram US$ 7 bilhões (cerca de R$ 26 bilhões) em uma centena de leilões com 3 mil blocos ofertados, que foram realizados em 82 países desde 2016. O Brasil ficou com a maior parte de recursos com apenas 72 do total de blocos licitados no mundo.

Para Oddone, o Brasil continuará a atrair investimentos no setor de óleo e gás no próximo ano. A equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, já indicou disposição de manter a realização de novos leilões. Ele fez os comentários ao participar na tarde desta quarta-feira da assinatura de 12 contratos de concessão com dez empresas que arremataram blocos na 15ª rodada de licitações de áreas no pós-sal, realizado março deste ano. 

Durante o evento, o ministro de Minas e energia, Moreira Franco, também disse acreditar na continuidade dos leilões da ANP no novo governo, destacando que o mandato de Oddone à frente da ANP termina em 2020.

- Estou torcendo para que o mais breve possível possamos assinar os contratos de partilha da 5ª Rodada (do pré-sal, realizada em setembro deste ano), e comemorar, no próximo ano, o sucesso da ANP (em termos de) de transparência. E que tenhamos no gás natural um mercado completamente diferente - disse Moreira Franco.

 

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
Banner Lilás

  CopyRight © GasNet - 2013