GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipam ...
(24/4/2018 - 28/4/2018)
São Paulo Expo Exhibition and Convention Center - Rod. dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  GD - Artigos
  Autor/Fonte: O Estado de São Paulo
  Data: 29/08/2017

    Uso de gás em motores a diesel será avaliado pela GasBrasiliano e São Martinho


 Sertãozinho, 23/08/17 O uso do gás juntamente com diesel em veículos de transporte de cana-de-açúcar será avaliado pela GasBrasiliano e a São Martinho até o primeiro trimestre de 2018. O acordo das duas companhias, juntamente com a Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo e as empresas Convergás Fuel System e Mahle Metal Leve, foi antecipado pela Coluna do Broadcast Agro e assinado em 23/ 08/17, na 25ª Fenasucro, em Sertãozinho (SP). O convênio prevê a conversão de um motor a diesel para a tecnologia diesel-gás, que será abastecido com biometano produzido a partir da vinhaça de cana-de-açúcar ou gás natural veicular (GNV). Serão realizadas no laboratório da Mahle, em Jundiaí (SP), medições comparativas de emissões atmosféricas e consumo específico de combustível.

Se o projeto se mostrar economicamente viável podemos estimular a introdução em todas as usinas do Estado de São Paulo e do Brasil. Será um enorme ganho ambiental, além de dar mais competitividade às usinas sucroenergéticas, explica o secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles. A assinatura deste acordo é mais um importante passo para mostrar a viabilidade do Gás Natural Veicular (GNV) em veículos pesados de usinas, bem como comprovar a eficiência da tecnologia diesel-gás, completou Walter Fernando Piazza Júnior, diretor presidente da GasBrasiliano.

Segundo estimativas de mercado, o processamento de uma tonelada de cana necessita de quatro litros de diesel. A safra 2017/2018 tem como previsão colher 647 milhões de toneladas de cana no Brasil. Com a implantação do projeto em todas as usinas, utilizando metade do combustível gás natural ou biometano e o restante diesel, as empresas poderiam chegar a uma economia de 1,3 bilhão de litros de diesel por safra.

 

 

 Fonte: O Estado de São Paulo /Sindicomb Notícias (24/08/2017)

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos 2018

  CopyRight © GasNet - 2013